O que?

Educação, sociedade e as condições para pensar em pedagogias fora e dentro da Escola (Módulo I)

A proposta é problematizar as articulações entre educação, sociedade e pedagogias a partir da noção de que há, na esfera social, tensões e disputas em torno do que conta como conhecimento e saber. Nessa direção, tais articulações não ocorrem de forma pacífica, mas são constantemente (re)inventadas a partir da existência e funcionamento de uma gigantesca maquinaria – a sociedade,= cabe destacar – em que, conforme certos tempos-espaços, sobressai a exigência de uma “atualização” dos diferentes elementos desta maquinaria. Assim, a educação, de forma geral, e as múltiplas pedagogias que não cessam de serem produzidas fora e dentro da escola, demonstram uma retroalimentação constante entre a sociedade e as práticas, artefatos e instituições criadas para produzir sujeitos a partir de certos cenários, discursos e tecnologias de poder históricos, culturais e contingentes. Considerando isso, o curso pretende, a partir da perspectiva teórica dos Estudos Culturais pós-estruturalistas e da fecunda discussão sobre as pedagogias culturais: (a) discutir a pluralização do conceito de pedagogia e seus espaços de atuação, tensionando, com isso, as experiências de aprendizagem produzidas em diferentes práticas e artefatos socioculturais, a fim de evidenciar a emergência de múltiplas pedagogias em funcionamento na sociedade contemporânea. Pedagogias, sobretudo, tão díspares quanto forem as intencionalidades que as movimentem; (b) dar visibilidade às pedagogias contemporâneas que transitam nos espaços-tempos da escola, (re)produzindo formas de ser/estar em sociedade. Neste contexto, a escola se constitui em um dos espaços-locais de poder-saber. Um importante componente, palco e agente na circulação e na disseminação de códigos da cultura, capazes de operar na produção dos sujeitos escolares. Tendo em vista o exposto, pretendemos demarcar o quanto há estratégias pedagógicas potentes funcionando na sociedade e nos elementos que a compõe. Sobretudo se levarmos em conta que é sobre a vida das pessoas que a educação e as suas pedagogias correspondentes procuram atuar.

Para a realização do curso será utilizado Moodle. Nesta plataforma haverá atividades como: leitura de textos e slides, fóruns de debates, vídeos com a participação das ministrantes e pesquisadores da área, assim como uma webconferência dentro da plataforma (a ser testada. Caso seja necessário, utilizaremos o Zoom).

O curso será oferecido numa parceria entre UERGS e FURG.

Para quem? Estudantes de magistério e universitários; professores da educação básica; pesquisadores com interesse nos Estudos Culturais e Pedagogias culturais

Carga horária? 40 horas

Quando? 20 de abril a 12 de maio

Como se inscrever? Autoinscrição no Moodle (08 a 15/04) (as vagas se esgotaram no primeiro dia, iremos organizar novas edições)

Responsáveis? Profa. Viviane Castro Camozzato (UERGS) e profa. Patrícia Ignácio (FURG)